Motivação

A Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) foi constituida para responder ao anseio dos Enfermeiros que não se revêm nos atuais Sindicatos e que querem ver respeitados, defendidos e reconhecidos os seus mais elementares direitos.

Há mais de uma década que as condições laborais dos Enfermeiros têm vindo a degradar-se, quer por via de contratações a valores indignos, quer pela constante violação dos seus direitos enquanto trabalhadores, designadamente o desrespeito pelos horários contratados e pelas horas de descanso semanal muitas vezes num clima de intimidação inaceitável.

Acreditamos que como nós uma grande maioria dos enfermeiros não se revê na atual Carreira Especial de Enfermagem que para além de ter eliminado a categoria de Enfermeiro Especialista ainda diferencia os enfermeiros em função do seu vinculo laboral e cria diversos patamares remuneratórios entre serviço publico, privado e social.

A ASPE é uma organização autónoma, independente do Estado, do patronato, das confissões religiosas, dos partidos políticos ou de quaisquer outras associações representativas de empregadores ou de enfermeiros e orienta a sua ação no sentido de:  

a) garantir a todos os profissionais de enfermagem o direito a se sindicalizarem, independentemente das suas opções, designadamente, políticas ou religiosas;

b) desenvolver a sua atividade, com total independência, em prol do reforço dos direitos dos enfermeiros e da defesa do seus interesses coletivos;

c) defender para todos os enfermeiros condições de trabalho dignas e adequadas às responsabilidades profissionais assumidas;

d) propugnar por remunerações justas e correspondentes ao nível de competências profissionais detidas e exercidas;

e) defender solidariamente os interesses socioprofissionais dos enfermeiros;

f) promover a união da classe profissional;

g) reforçar o reconhecimento social dos enfermeiros.