Caros Associados, 

A Comissão Instaladora (CI) deu por concluída a fase de instalação da ASPE e considerou estarem reunidas as condições para se proceder à eleição do primeiro mandato dos Órgãos Sociais.

Como Presidente da CI da ASPE convoco a Assembleia Eleitoral, com recurso aos poderes estatutários que me são atribuídos para o dia 24 de novembro de 2018 respeitando o prazo de 60 dias.

Este primeiro ato eleitoral decorrerá no respeito pelas normas estatutárias e regulamento eleitoral, com as devidas adaptações, considerando que compete à CI assumir as competências da Mesa da Assembleia Geral e os requisitos de elegibilidade previstos.

Decorrido, sensivelmente um ano da realização da Assembleia Constituinte que criou a Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros - ASPE para responder ao anseio dos Enfermeiros que não se reviam nos Sindicatos existentes e que querem, ainda hoje, ver respeitados, defendidos e reconhecidos os seus mais elementares direitos, vamos dar inicio a um novo ciclo.

Não foi um primeiro ano fácil para a Comissão Instaladora!

Em simultâneo com a legalização, criação das estruturas de funcionamento, elaboração e aprovação em Assembleia Geral dos regulamentos necessários à efetiva atividade social de um sindicato ainda conseguimos:

• Elaborar o caderno reivindicativo;
• Construir proposta de carreira em formato legislativo;
• Redesenhar a atual tabela salarial introduzindo a categoria de enfermeiro especialista cumprindo o enquadramento legal em vigor;
• Apresentar uma proposta de portaria ao governo que regule os procedimentos concursais resultantes da carreira especial de enfermagem;
• Promover e concretizar processos de aproximação entre os vários sindicatos e entre estes e as associações profissionais de enfermeiros;
• Criar o serviço “A ASPE FAZ POR TI” com resultados efetivos na defesa dos direitos dos nossos associados;
• Iniciar as negociações com o governo;
• Organizar e participar em várias reuniões com a Ordem dos Enfermeiros e outras entidades;
• Participar em Manifestações, vigílias e outras atividades promovidas por movimentos independentes de enfermeiros;
• Ser recebidos pela Casa Civil da Presidência da República;
• Convocar, organizar e realizar a primeira GREVE em conjunto com mais 3 sindicatos (2 afetos à CGTP, 1 afeto à UGT);
• Realizar 3 conferencias de imprensa, sendo que numa delas fomos abertura de Telejornal.

Estes são os exemplos mais relevantes da atividade da ASPE neste primeiro ano com uma equipa reduzida. Será com muito empenho e dedicação que com certeza os primeiros Órgão Sociais irão desenvolver e intensificar os processos de reivindicação e negociação que levou os nossos associados a depositar confiança na ASPE.

Caros associados, a ASPE é VOSSA!
Participem no ato eleitoral e venham construir o sindicato que desejam.

VAMOS, JUNTOS CONSTRUIR O FUTURO DA ASPE!

Lúcia Leite
Presidente da CI da ASPE